AO DEUS DE ABRÃO

Ao Deus de Abrão louvai,
Do vasto Céu Senhor,
Eterno e poderoso Pai,
E Deus de amor.
Augusto Jeová,
Que terra e céu criou!
Minha alma o nome exaltará,
Do grande Eu Sou.

Ao Deus de Abrão louvai;
Eis, por mandado seu,
Minha alma deixa a terra e vai
Gozar no céu.
O mundo desprezei,
Seu lucro e seu louvor,
E Deus por meu quinhão tomei,
E Protector.

Meu guia Deus será;
Seu infinito amor
Feliz em tudo me fará
Por onde eu for.
Tomou-me pela mão;
Nas trevas deu-me luz,
E dá-me a eterna salvação
Que vem da cruz.

No que meu Deus jurou,
Humilde confiei;
E para o Céu que preparou
Eu subirei.
Sua face eu hei de ver,
Confiado em seu amor,
E para sempre engrandecer
Meu Redentor.

Rev. Robert Hawkey Moreton