HORA BENDITA

Bendita a hora de oração,
Que acalma o aflito coração,
Que leva ao trono de Jesus
Os rogos para auxílio e luz!
Em tempos de cuidado e dor
Refúgio tenho em meu Senhor;
Vencendo o ardil e a tentação,
Bendigo a hora de oração.

Bendita a hora de oração,
Quando a fervente petição
Sobe ao benigno Salvador,
Que atende à voz do meu clamor!
Jesus me ordena a recorrer
Ao seu amor, ao seu poder;
Contente e sem perturbação
Eu busco a hora de oração.

Bendita a hora de oração,
De santa paz e comunhão!
Desejo, enquanto aqui me achar,
Com fé constante, humilde orar;
E enfim no resplendor de Deus,
Na glória dos mais altos céus,
Lembrar-me-ei com gratidão
Das horas suaves de oração.

Sarah Poulton Kalley