Igreja Evangélica Metodista Portuguesa

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte
Entrada Estrutura Relações Nacionais/Internacionais

Conferência das Igrejas Europeias

 

www.cec-kek.org

 

Geneva (General Secretariat)
PO Box 2100,
150, route de Ferney,
CH- 1211 Geneva 2
Tel: +41 22 791 61 11
Fax: +41 22 791 62 27

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

Brussels
Ecumenical Centre
rue Joseph II, 174,
BE-1000 Brussels
Tel: +32 2 230 17 32
Fax: +32 2 231 14 13

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

 

Strasbourg
8, rue du Fossé des Treize
FR - 67000 Strasbourg
Tel: +33 3 88 15 27 60
Fax: +33 3 88 15 27 61

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

APRESENTAÇÃO

A Conferência das Igrejas Europeias (CEC) é uma comunhão de 126 igrejas Ortodoxas, Protestantes e Velho Católicas e 45 organizações associadas de todos os países do Continente Europeu. A CEC foi fundada em 1959 e tem escritórios em Genebra, Bruxelas e Estrasburgo.

 

Cristão de diferentes tradições comprometem-se a viver e testemunhar juntos num espírito ecuménico, de partilha, de compreensão e respeito mútuo. Isto apesar das divergências históricas, a multiplicidade de idiomas e as barreiras geográficas e económicas que existem no continente europeu. Em conjunto, as igrejas trabalham para promover a unidade da Igreja e para apresentar um testemunho Cristão comum aos povos e instituições da Europa. A aspiração comum de viver em paz e de promover a justiça e a reconciliação permitiu às Igrejas manterem a sua unidade durante os 45 anos de existência da CEC.

 

HISTÓRIA

Formada na década de 50 (1950s) na época da “guerra fria” a CEC surgiu a partir de um continente fragmentado e dividido. Assim, foram as igrejas do Leste e do Oeste da Europa que sentiram como uma prioridade do seu trabalho a promoção do entendimento internacional - “construindo pontes”. A CEC tentou insistentemente fazer tal ao longo dos anos, insistindo que não existia “cortina de ferro” entre as Igrejas. Esta ênfase conduziu à convocação da sua 4ª Assembleia em 1964, a bordo de um barco no Mar Báltico de forma a superar problemas com o uso de “visa” e assegurar que todas as igrejas desfrutassem da sua representação.

 

A CEC também tentou “construir pontes” entre Igrejas minoritárias e maioritárias, entre as gerações, entre mulheres e homens, e entre cristãos de diferentes confissões. Embora a Igreja Católica Romana não seja um membro, tem relações muito próximas, e um conjunto de encontros ecuménicos têm sido realizados na Europa organizados conjuntamente pela CEC e o Conselho das Conferências Episcopais Europeias (CCEE). O mais significativos destes eventos foram as Assembleias Ecuménicas Europeias; “Paz com Justiça”, Basel, Suíça, 1989, e “Reconciliação, Dom de Deus e Fonte de Vida Nova”, Graz, Áustria, 1997.

 

Registo

Registe-se para receber toda a informação actualizada.